Suspeito de ser ‘laranja’ na venda de 71 terrenos e causar prejuízo de R$ 2 milhões é preso

0
9

Crimes foram cometidos contra uma única vítima, segundo a Polícia Civil. A operação aconteceu em três cidades do Tocantins e Goiás. Viaturas da Polícia Civil do Tocantins
Reprodução/SSP-TO
Um homem suspeito participar de golpes de estelionato na venda de 71 terrenos foi preso em Araguaína. Outras quatro pessoas foram detidas pela fraude que, segundo a Polícia Civil, causou prejuízo de mais de R$ 2 milhões a uma única vítima.
O suspeito, de 48 anos, é considerado um dos laranjas da quadrilha, que fraudava venda de terrenos em Goiânia. A Operação Neverland, como foi nomeada, aconteceu nas cidades de Goiânia (GO), Goianira (GO) e Trindade (GO), e Araguaína, no norte do Tocantins.
A prisão foi realizada pela 3ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (DEIC – Araguaína), em apoio à Polícia Civil de Goiás.
Durante as ações também foram apreendidos quase R$ 2 milhões em bens, na quarta-feira (22), que estavam em poder dos integrantes da organização criminosa.
Conforme a Secretaria da Segurança Pública, esses bens foram adquiridos por meio de golpes aplicados contra a vítima.
O suspeito foi levado para a Unidade Penal Regional, local onde aguardará manifestação do Poder Judiciário de Goiás.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins